O carro está ligado ao sucesso e status, para boa parcela da população brasileira, atribuindo ao veículo parte das suas realizações.
Dirigir pode ser muito prazeroso, mas atualmente requer muita atenção para se manter dentro das regras de trânsito, prevenindo acidentes e evitando multas.

Condutas comuns podem parecer inofensivas, mas na verdade estão relacionadas nas infrações previstas no Código Nacional de Trânsito, causando acidentes, transtornos no fluxo dos carros e multas.

Veja abaixo as infrações pouco conhecidas que podem causar prejuízo no seu bolso e pontos na sua carteira.

Falta de combustível: além de causar transtorno para você e demais motoristas (pode acontecer no meio da via), pode render multa de R$ 85,13 e mais 4 pontos na CNH.

Postura: a forma como você se porta para dirigir também está previsto no nosso Código de Trânsito. Dirigir com o braço para fora do carro prevê multa de R$ 85,13 e 4 pontos na carteira.

Balisa: para muitos representa um grande desafio, e para aqueles que deixam o carro estacionado de qualquer maneira, sem respeitar a distância do meio-fio menor de 50cm e ainda estiver de 50cm a 1mt da calçada pode ser multado em R$ 53,20 e três pontos na carteira. Se a distância da calçada for maior que 1mt, a infração será considerada grave, multa de R$ 127,69 e 5 pontos na CNH.

Não pare no cruzamento: esta atitude não significa apenas ser educado e não travar o trânsito é infração média, com 4 pontos na carteira e R$ 85,13 de multa.

Mudar de faixa ou conversão direita/esquerda: engana-se quem acha que é um sinal de educação e ser “camarada”. As setas são equipamentos de segurança do seu carro, servem para sinalizar aos demais condutores e pedestres sobre as conversões que pretende fazer, evitando acidentes, para isso deve ser feita com antecedência. A multa prevista para quem não respeitar é de R$ 127,79 e 5 pontos na carteira.

Fones de ouvido: no carro o uso de fones de ouvido pelo motorista é proibido pelo nosso Código de Trânsito. A infração custará R$ 85,13 de multa e mais 4 pontos na CNH.

Poças d´água: em dias de chuva é comum surgirem poças nas vias, passar por cima delas (querendo ou não) e molhar pedestres é infração média, com 4 pontos e multa de R$ 85,13.

Baixa velocidade: o limite de velocidade vale para cima e para baixo, trafegar na via abaixo da metade do limite também é infração, com multa de R$ 85,13 e 4 pontos na carteira.

Proximidade do ciclista: ao transitar com ciclista na mesma via o motorista precisa manter uma distância mínima lateral entre o carro e a bicicleta de 1,50mt ao passar por ela. Desrespeitar resultará em multa de R$ 85,13 e 4 pontos.

Som alto: em via pública o som do rádio do seu carro não pode ultrapassar os 80 decibéis dB, medido a 7 metros de distância do veículo. Quem desrespeitar e for autuado será multado em R$ 126,69 e mais 5 pontos na carteira.

Buzinar descontroladamente: é infração leve, com multa de R$ 53,20 e 3 pontos na carteira.

Vale reforçar que o desconhecimento de que cada uma dessas situações é passível de multas e pontuação na CNH não impede do motorista infrator receber a penalidade.

A dica é conhecer muito bem o Código Nacional de Trânsito para evitar transtornos e praticar a educação no trânsito para que a experiência de dirigir seja a mais agradável e saudável possível. Se quiser saber mais sobre promover um trânsito mais seguro para todas as pessoas, veja aqui um post sobre Direção Defensiva.

Lembre-se! Conte com a Siggo para ter informações e dicas para seguir seguro na sua moto ou no seu carro.



  • Compartilhe o post

Preencha corretamente os campos abaixo,
Entramos em contato com você!